São na Universidade Lusófona.

Se é verdade que a gastronomia se tornou nos últimos tempos uma direção clara para muitos, mesmo em termos profissionais, também é certo que, por isso mesmo, aumentou o grau de exigência em relação aos conhecimentos que os profissionais da área têm de ter.

Para quem trabalha na área da restauração ou da produção ou investigação gastronómica o saber empírico (ainda que útil) já não chega. É preciso aprofundar e aprender com quem sabe. É nesse sentido que a Universidade Lusófona foi pioneira na criação de uma Pós-Graduação em Cozinha Avançada, destinada a todos os que querem fazer da gastronomia o seu modo de vida, independentemente da área em concreto. 

Produzida em parceria com a ACPP (Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal), a 3.ª edição desta pós-graduação tem como grande objetivo continuar a sedimentar o papel crescente que a gastronomia tem já dentro do departamento de turismo da Universidade Lusófona. 

Do corpo docente desta Pós-Graduação com início marcado para 21 de janeiro de 2019 fazem parte chefs como António Bóia, Miguel Bértolo e Miguel Castro e Silva. A direção está a cargo de Mafalda Patuleia e na coordenação, além do chef Carlos Madeira, está agora o consultor e gastrónomo Nuno Nobre que ficará também responsável pela unidade curricular de Gestão de Marketing. Com a sua expertise em comunicação na área da gastronomia incentivará os alunos a questionar o panorama da gastronomia atual ajudando-os a criar estratégias e ferramentas fundamentais de trabalho na área.

Sendo a gastronomia uma das formas privilegiadas de valorização da cultura e património de cada região e país, é de aplaudir a iniciativa de uma instituição como a Universidade Lusófona de criar uma pós-graduação que será seguramente uma mais-valia para os profissionais da área. Para mais tarde, em abril de 2019, está prevista uma outra Pós-Graduação em Turismo Gastronómico que, numa outra vertente, será também uma forma de tornar ainda mais profissional e especializada uma área que cresce a olhos vistos dentro e fora do país.

NNC (texto)
www.nunonobre.com