Bisca dos 3 valoriza carapau no arraial Associação Renovar a Mouraria.

Na comemoração do Dia Mundial dos Oceanos, a PONG-Pesca está a apoiar a associação Renovar a Mouraria na organização do primeiro «Arraial com Carapau», no dia 8 de Junho.

Na tentativa de chamar à atenção das pessoas para alternativas viáveis ao consumo da sardinha, espécie cujo stock ibérico se encontra em declínio há vários anos, o arraial terá carapau. Uma espécie igualmente nutritiva e cujo stockestá em bom estado, não tendo sido explorado na sua totalidade nos últimos dois anos.

“O carapau é uma espécie sustentável, abundante na nossa costa e rica do ponto de vista nutricional. A promoção desta espécie, tradicional na gastronomia portuguesa, mas pouco valorizada comercialmente, representa um contributo para o aumento da rentabilidade do sector das pescas em Portugal e para uma retribuição mais justa ao pescador”, explica Ana Paula Queiroga, da Docapesca, que fornecerá 100 kg de carapau gratuitamente.

Neste âmbito, a associação Renovar a Mouraria, que pretende organizar o arraial mais sustentável de Lisboa, terá inclusivamente utensílios reutilizáveis bem como compostagem dos restos alimentares. Inês Andrade, presidente da Associação Renovar a Mouraria, afirmou “que a decisão de não servir sardinha resulta do nosso desejo de sermos tão amigos do ambiente possível e acreditamos que vamos conseguir chamar a atenção de muitas pessoas para a questão do mau estado biológico da sardinha”.

O Bisca dos 3 associa-se à iniciativa com o Ás de Carapau, um prato autoria dos promotores deste popup gastronómico que valoriza a espécie e dá cartas alternativas à sardinha.